✎ Como inspecionar o interior de uma objetiva

Esta é uma dica muito valiosa para quem necessita saber o real estado do interior e do conjunto de lentes de suas objetivas, revelando tudo que há dentro delas além da poeira e dos pequenos defeitos que se apresentam quando olhamos através das lentes em uma inspeção visual normal.

Para isso você vai necessitar de uma lanterna pequena que gere boa iluminação e que tenha diâmetro máximo de 2,5 cm.  Existem algumas lanternas com foco ajustável, como a que mostro abaixo, que são ideais para essa finalidade, pois ajudam a concentrar o facho de luz de acordo com a profundidade da objetiva a ser examinada.

Lanterna

Utilize a lanterna para iluminar a objetiva pelo elemento traseiro, e observe seu interior através do elemento frontal. Assim você poderá ver absolutamente todos os problemas que existam nas lentes e na parte interior do corpo da objetiva, desde a simples poeira, riscos, descolamentos, oxidação, haze e colônias de fungos, mesmo aquelas mais transparentes ou pequenas. Mas procure fazer isso em um ambiente de pouca luz ou com iluminação controlada, pois a presença de focos de luz externos possibilitará a geração de relexos que podem ser interpretados erradamente. Variando a intensidade e angulação da luz da lanterna você poderá inspecionar cada pedaço do interior da lente, inclusive das lâminas do diafragma e das paredes internas.

Lembre-se de que a presença de poeira no interior de uma objetiva antiga é normal, afinal os corpos não eram selados como os de algumas objetivas modernas.